Querendo ver outros blogs meus consultar a Teia dos meus blogs

sábado, 2 de Fevereiro de 2008

Acontecimentos no ano de 1446

No dia 15 de Janeiro de 1446, D.Afonso V perfez 14 anos, segundo os costumes atingia a maioridade, sendo-lhe reconhecido o direito à administração e posse do reino.

Nesse dia em Lisboa no Palácio das Alcáçovas, em sessão plenária de Cortes, o regente D.Pedro entrega ao sobrinho a vara real da justiça.

Segundo Ruy de Pina o cronista e porque as pressões nomeadamente do tio D.Henrique, foram bastante grandes, no sentido do governo de Portugal, se manter mais algum tempo, nas mãos do ex-regente D.Pedro, tendo o rei aceitado "porque receava não poder sozinho com tamanho cargo".

Assim aconteceu realmente mas desde essa altura nunca mais D.Afonso V deixará de intervir nos negócios do reino.

Foi também nestas cortes em Lisboa, que se confirmou oficialmente o casamento de D.Afonso V com sua prima D.Isabel filha do seu tio D.Pedro. O contrato nupcial só será celebrado em Maio de 1447.

Outros acontecimentos em Portugal
  • Julho,28-Ordenações Afonsinas.
Esta ordenações consistiram numa colectânea de todas as leis que tinham sido publicadas no Reino e que correspondia a um pedido várias vezes solicitado em Cortes, por forma a que se coordenasse e actualizasse o direito vigente, para a boa fé e fácil administração na justiça.

Esse trabalho já havia começado no tempo de D.Duarte pela mão do Doutor Rui Fernandes.

As ordenações foram contudo posteriormente revistas pelo regente D.Pedro.
As Ordenações encontram-se divididas em cinco livros.

Todos os livros são precedidos de preâmbulo, que no primeiro é mais extenso que nos restantes, pois lá se narra a história da compilação.

Quem estiver interessado na leitura integral clicar aqui

Este trabalho foi realizado por:
Livro I,II,III e IV
Ivone Susana Cortesão Heitor
Livro V
Anabela Maia
Liliana Ventura
José Carlos Marques
Duarte Freitas

Nas cadeiras de Introdução à Informática para as Ciências Sociais e Humanas e Métodos informáticos paras as Ciências Sociais e Humanas, do Instituto de História e Teoria das Ideias da Faculdade de Letras de Coimbra.
  • Novas aventuras no desconhecido
.Expedição de Álvaro Fernandes, que terá atingido o rio Casamansa e a enseada final de Varela, no limiar norte da actual Guiné-Bissau, passando 110 légua além de Cabo Verde.

.Nuno Tristão, parte para um reconhecimento da costa africana, atingindo o rio do Nuno na Guiné francesa. Sendo morto nesta empresa pelo nativos

.João Infante filho de Nuno Tristão, descobre o rio Grande (rio Geba na actual Guiné-Bissau).

.Estevão Afonso atinge o rio Gâmbia na região dos Mandingas.

Sem comentários: